Eventos

Você Sabia?

O objetivo do Sistema de Chamada de Enfermagem é facilitar a comunicação entre paciente, acompanhante, profissionais da saúde e enfermagem.

A princípio, as campainhas eram nos corredores e acionadas por alavanca ou fios e roldana, mas a tecnologia possibilitou a criação de verdadeiras centrais de comunicação.

A Sincron, líder de mercado, fornece o Sistema Seven Plus que utiliza cabo de rede e dispõe de viva voz, oferecendo uma plataforma de tecnologia comum para comunicação, organização e cuidados hospitalares.

O Seven Plus oferece:

  • Interfaces para outros sistemas, tais como: DECT, alarme de incêndio, sistema de faturamento, etc…;
  • Plugs com auto desconexão;
  • Cumpre a norma VDE 0834;
  • Um só dispositivo para controlar todas as funções;
  • Resistente à água;
  • Possui revestimento com propriedades antimicrobianas;
  • Leitor de cartões para simplicidade, controle e gerenciamento;
  • Som de alta qualidade para viva-voz com regulagem de volume;
  • Software gerencial com emissão de relatórios e gráficos.
  • Sistema modular que permite se adequar às necessidades do Hospital.

Uma comunicação rápida, clara e precisa, facilita o trabalho das equipes médicas e de enfermagem, ampliando as chances de atender com presteza eventualidades e situações de emergência.

A arquitetura hospitalar vem atacando conceitos como postos de enfermagem centralizados e longe dos pacientes, mas esta solução exige ainda mais do sistema de comunicação interno voltado para o atendimento, pois os profissionais tem que percorrer longos corredores em movimentação intensa, causando um grande desgaste físico.

A integração de Sistemas de Chamada e Comunicação leva as solicitações dos pacientes para os enfermeiros através de um sistema viva-voz, tornando a comunicação rápida e eficaz. A flexibilidade nas configurações dos Sistemas de Chamadas possibilita ao hospital escolher e encontrar uma que seja eficiente e se adapte às necessidades.

Gerenciamento de Chamadas

Para o Administrador hospitalar é importante acompanhar o desempenho do atendimento aos pacientes. Dispor de relatórios com o momento exato – a hora e minuto – em que as chamadas foram efetuadas e o tempo em que foram atendidas, bem como poder acompanhar a carga de trabalho dos profissionais, quais pacientes originam mais chamadas, são informações importantes para o hospital.

O sistema deve permitir estabelecer configuração de prioridades de chamadas e emissão de sinais sonoros diferentes para essas chamadas. Além disso, deve permitir, em uma configuração mais completa, o acionamento de outras equipes, como hotelaria, governança ou manutenção, inclusive por pagers ou bips.

Design e funcionalidade

O design hospitalar deve ser importante na escolha do sistema, para que se integrem harmoniosamente respeitando conceitos de funcionalidade, ergonomia e robustez. A pêra do paciente, por exemplo, deve ser de acionamento simples, esterilizável, inclusive por imersão, para prevenir infecções hospitalares.

Emergência

Em caso de emergência, o sistema deve mobilizar socorro imediato, pois nestes casos, alguns segundos são cruciais. A informação deve chegar a equipes de médicos e da enfermagem responsáveis pela reanimação de pacientes através de mensagem sonoras e vibratórias em seus aparelhos ou pagers.

Write a comment